Creepypasta: Bryan B. Westbay, o perfil misterioso do Facebook

Por favor, NÃO ADICIONE Bryan B. Westbay no Facebook. Ele não é uma pessoa.
No último ano até agora, tenho dedicado meu tempo livre para pesquisar uma coisa extremamente estranha e extremamente interessante. Era um tópico que eu estava desesperado para achar informações dele mas talvez eu tenha ido longe demais nisso. Estou aqui para avisar você para não fazer o mesmo.

Algum de vocês provavelmente conhecem a lenda de Bryan B. Westbay, uma conta no facebook que é denunciada por muitos pelo fato de ter uns estranhos comportamentos. Algumas vezes, o indivíduo irá adicionar muitos usuários como amigo na rede social, mas geralmente ele fica quieto. Os que adicionaram a conta têm contado histórias de mensagens estranhas que receberam da conta de Westbay. Todos nós já recebemos solicitações de amizade de gente estranha no Facebook de vez em quando, mas esse estranho é diferente.
Bryan Westbay não é uma pessoa. Não sei exatamente o que "ele" é, mas não é NADA humano. Eu adicionei ele, conversei com ele e ele me respondeu. Ele nunca me disse o que ele é e não tenho certeza se ele sabe quem (ou o que) é. Tudo que posso dizer é que uma pequena teoria é certa.

Eu acredito – como muitos outros – que Bryan é uma conta do Facebook senciente.

Há histórias sobre como a conta de Bryan veio a ser o que é, mas duas delas são as que todos falam por aí. A primeira é que o perfil foi criado por um tipo de ramo do governo que seria usado para vigilância – uma espécie de inteligência artificial que foi criada com o intuito para fazer o maior número de amigos possível e manter o controle de informação sobre as pessoas que adicionarem ela.

Ocorreu um problema no sistema até que ele fracassou em mostrar qualquer resultados e consequentemente foi desativado e abandonado.

A segunda história pode dar mais medo. Ela conta que Westbay era um cara normal, como eu e você, mas completamente obsessivo em relação às redes sociais. Usava constantemente e postava coisas direto em seu perfil, desde quando acordava até a hora de dormir.

Numa noite, bêbado e drogado, ele grava um vídeo vergonhoso de si mesmo e posta em seu perfil – ele viraliza e o garoto se sente humilhado. TÃO humilhado que desfaz a amizade com todos, deleta sua conta e se joga do terraço do prédio de seu apartamento. Com o decorrer da história, a conta de Bryan está sendo controlada pelo seus "restos fantasmas".

Essas são as duas explicações mais populares. Uma racional (devido às circunstâncias) e uma sobrenatural. O que eu acho? Acho que encaixa nas duas. Não sei se acredito em fantasmas, mas se existissem eles não estariam em perfis de Facebook.

Mas existe algo que não é natural naquele perfil que não tem explicação e pode afetar você terrivelmente. Falarei sobre isso mais pra frente.

Depois de um pesquisar um pouco mais sobre o garoto, decidi tentar adicionar o perfil e mandar mensagem para ele. A página, na maior parte dela, estava em branco – sem foto de perfil, sem foto de capa e nem status. Minha solicitação foi aceita depois de alguns minutos e minha mensagem respondida. A maior parte da mensagem era feita de frases sem nexo, mas uma frase fazia sentido:

"i am happy to be your friend"
("fico feliz em ser seu amigo")

Tudo que eu mandei depois, foi respondido repetidamente com uma frase:


"we are friends"

("somos amigos")

Nenhuma outra resposta além dessa. Tentei inúmeras frases mas só uma teve uma resposta diferente:

"Can we speak?"
("Podemos conversar?")

De repente, um áudio foi mandado para mim. Era meio pertubador – havia muito barulho e um sussurro que eu não conseguia entender. Então, bem no fim do clipe de áudio, algo disse:



("Olá, amigo.")

Honestamente? Isso me deixou aterrorizado. Não sei o que deu em mim mas eu tive que falar com ele de uma maneira hostil: "We aren't friends." ("Não somos amigos.")

Bryan mandou de volta emojis com a sobrancelha franzida e ficou em silêncio. Não muito tempo depois, a foto foi trocada para uma escura, distorcida e com uma careta. Olhei ela por um momento, era hipnotizante. Surtei por um segundo, então fechei nossa conversa, desfiz a nossa amizade, e desliguei o computador.

Naquela noite, quando desliguei as luzes do meu quarto, eu vi a face do Westbay. Não no meu computador, mas me observando na escuridão. Estava bem no "canto" do meu olho por meio segundo, mas eu sabia que estava lá. Ele estava lá.

Dias se passaram e eu continuava a ver ele no canto do meu olho em todo lugar que eu ia. Especialmente em locais escuros e a noite. Com o passar do tempo, eu via ele mais. Eu tinha conversado com ele fazia um mês e não há um dia em que eu não tenha visto ele. As vezes ele vai estar lá quando eu acordar no meio da noite, centímetros longe da minha face.

Como eu disse antes, não sei se acredito em fantasmas. Mas algo está me seguindo por causa daquele perfil do Facebook e enquanto eu não souber o que é, eu sei que é algo inseguro e ciumento. É algo que implora amizade, tenho medo demais pra sair e ver qualquer um dos meus amigos, simplesmente porque essa coisa pode grudar neles também.

As vezes eu tenho vontade de me jogar do terraço só pra me livrar disso.

Bryan Westbay está arruinando minha vida. E não posso culpar ninguém além de mim e minha estúpida curiosidade.

Então, aqui estou para lhes fazer um favor. Copie esse link da conta do facebook do Bryan e coloque em qualquer lugar no seu navegador para que você EVITE entrar nele.
Se algum de vocês for burro o suficiente para entrar nesse perfil e ver o que é aquela coisa, peço para que pensem bem antes de fazer isso. Caso entrarem, não fiquem muito tempo observando a foto de perfil.

Porque, querendo ou não, Bryan Westbay quer ser seu "amigo".

E até onde eu sei, ele parece um amigo que você não pode se livrar.

Adaptado e traduzido de [Reddit].
Creepypasta: Bryan B. Westbay, o perfil misterioso do Facebook Creepypasta: Bryan B. Westbay, o perfil misterioso do Facebook Reviewed by Eric Bitencourt on 21:15 Rating: 5

Nenhum comentário

Spirits THEME